Domingueira AMSUR: Piero C. Leimer

Gênese, forma e função da guerra híbrida entre militares brasileiros: Quando Começou?




A ação política, no período recente, para a conquista do poder, não importando se a chamamos de “golpe”, “revolução colorida” ou outra denominação, pode ser vislumbrada a partir de 2008 e, de forma mais sistemática, a partir de 2013 (Manifestações, Lava-Jato, Impeachment, Prisão de Lula, Temer, Bolsonaro) e tem na “guerra híbrida”, um instrumento fundamental, que pode ser visto como uma categoria de guerra, acima de tudo, militar.


Portanto, falar de “guerra híbrida” é uma via de maior compreensão do modo como os militares perceberam e se posicionaram frente àqueles eventos.


Para conversar conosco sobre esse tema, contamos com a participação do Professor Piero C. Leirner, da Universidade Federal de São Carlos, autor do livro “O Brasil no Espectro de uma Guerra Híbrida”



Design sem nome (1) (1).png

Olá, que bom ver você por aqui!

o Instituto AMSUR congrega especialistas e gestores públicos dedicados à elaboração, avaliação e gestão estratégica de políticas públicas.

Fique por dentro de todos os posts

Obrigado por assinar!

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Pinterest