Domingueira AMSUR: Piero C. Leimer

Gênese, forma e função da guerra híbrida entre militares brasileiros: Quando Começou?




A ação política, no período recente, para a conquista do poder, não importando se a chamamos de “golpe”, “revolução colorida” ou outra denominação, pode ser vislumbrada a partir de 2008 e, de forma mais sistemática, a partir de 2013 (Manifestações, Lava-Jato, Impeachment, Prisão de Lula, Temer, Bolsonaro) e tem na “guerra híbrida”, um instrumento fundamental, que pode ser visto como uma categoria de guerra, acima de tudo, militar.


Portanto, falar de “guerra híbrida” é uma via de maior compreensão do modo como os militares perceberam e se posicionaram frente àqueles eventos.


Para conversar conosco sobre esse tema, contamos com a participação do Professor Piero C. Leirner, da Universidade Federal de São Carlos, autor do livro “O Brasil no Espectro de uma Guerra Híbrida”



Olá, que bom ver você por aqui!

o Instituto AMSUR congrega especialistas e gestores públicos dedicados à elaboração, avaliação e gestão estratégica de políticas públicas.

Fique por dentro de todos os posts

Obrigado por assinar!

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Pinterest