top of page

Diálogos AMSUR: Extrema Direita, Bem-Estar Social e Segurança Pública nas Américas

Duas atividades internacionais ocorreram nos últimos dias, com sinais opostos. Em Washington tivemos a realização da CPAC (Conservative Political Action Conference), com a participação de Donald Trump, Javier Milei, Flávio Bolsonaro, ao lado de diversas lideranças da extrema-direita mundial. No mesmo período, em Bogotá, ocorreu mais um encontro sob o tema “Reconstruindo Estados de Bem-Estar nas Américas”, com participantes de dez países e presença de lideranças regionais, entre eles Guilherme Boulos, o ex-presidente Ernesto Samper, ex-governador e ex-ministro Tarso Genro, ex-ministro chileno Carlos Ominami, etc. A reunião do CPAC ocorre em um momento em que se vem dando forte avanço da extrema-direita em escala mundial e em que se vislumbra um muito provável retorno de Trump à presidência dos EUA e um crescimento desse segmento político no Parlamento Europeu. Por outro lado, a retomada dos instrumentos de integração regional, na América do Sul (UNASUL, Mercosul, OTCA) e na América Latina e Caribe (ALALC), sofre percalços pelo avanço da extrema-direita em alguns países da região e um forte recrudescimento do tema segurança pública como mote de articulação desse setor político, como são os casos de El Salvador, Equador e México, entre outros.

Que horizontes se desenham para esse embate político na região? Como isso se articula com o desenrolar dos grandes embates geopolíticos em escala global? Como podemos perceber os rebatimentos no Brasil e nos países da região?


Para esta conversa, contaremos com as participações de:


Sandra Bitencourt, Jornalista. Doutora em Comunicação e Informação e diretora executiva do Instituto Novos Paradigmas. É conselheira do Observatório de Comunicação Pública da UFRGS) e coordenadora do Conselho Mídia Digital e Democracia da Fundação Getúlio Vargas e da União Europeia.


André Kaysel Velasco e Cruz, professor do Departamento de Ciência Política da Unicamp, tendo sido professor na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA). Pertence ao Laboratório de Pensamento Político (PEPOL) e é Diretor do Centro de Estudos Marxistas (CEMARX) da Unicamp e pesquisador associado ao Centro de Estudos de Cultura Contemporânea (CEDEC).




Comments


bottom of page