top of page

Diálogos AMSUR: Brasil e Protagonismo Internacional – O Conflito Rússia e Ucrânia

O contexto geopolítico internacional é de profundas disputas, derivadas do fato de o mundo unipolar advindo do fim da Guerra-Fria estar em processo de enfraquecimento e não estar consolidado ainda um novo quadro bipolar ou multipolar. O novo governo brasileiro, nesse quadro, vem buscando ganhar protagonismo, tentando firmar um posicionamento de não alinhamento automático em torno de algum dos grandes players internacionais que estão colocados, mas buscando conformar uma situação que caminhe para um novo espectro multipolar, com equilíbrio e alguma harmonia que favoreça a uma maior integração entre os países e seus povos. O conflito entre Rússia e Ucrânia insere-se nos marcos de outros conflitos derivados da crise da unipolaridade que ainda persiste e que caminha rapidamente por esgotar-se, mas é o conflito de maior expressão dessa crise.


O Governo Lula, nos marcos do estágio atual da arena geopolítica, vem buscando firmar-se como um protagonista não alinhado aos diferentes polos em disputa, agindo na direção de busca de conformação de campos de equilíbrio entre os países. Vários dos movimentos internacionais do Brasil caminham nesse rumo, com retomada gradativa de retomada de importância geopolítica e buscando reconhecimento internacional. Os movimentos em busca de uma saída negociada para um processo de Paz entre Rússia e Ucrânia encontram-se nesse horizonte. Marcas desses movimentos envolvem diretamente o próprio Presidente Lula, através das visitas e contatos telefônicos com lideranças mundiais, mas também as viagens de Celso Amorim a Moscou e Kyiev e, inclusive, a nomeação de um embaixador da Ucrânia no Brasil, cujo papel vinha sendo assumido interinamente por seu encarregado de negócios. Entendemos que esses movimentos ganham relevância, não apenas por seus efeitos diretos sobre o conflito, mas também porque reforçam a retomada de protagonismo internacional brasileiro no cenário geopolítico.


Para uma conversa sobre esse quadro, contaremos com a contribuição de:


José Luiz Del Roio, Jornalista, político e ativista social ítalo-brasileiro. Foi senador pela região da Lombardia, na Itália, em 2006 e é grande estudioso do quadro geopolítico mundial.



bottom of page