top of page

Diálogo AMSUR: Irã, Israel e o Novo Quadro Geopolítico Mundial

Está sendo gerado um novo quadro geopolítico mundial com os movimentos bélicos no Oriente Médio, que é fortemente agravado pelos episódios de Israel, em Damasco, face à embaixada do Irã, à retaliação procedida por drones e mísseis deste país em território de Israel, o que já foi objeto de nova ação de Israel, agora sobre território iraniano, ao mesmo tempo em que se agrava o quadro na Ucrânia e na guerra comercial e geopolítica desenvolvida pelos países da OTAN, particularmente os EUA, no confronto com China, Rússia e, por tabela, com o chamado Sul Global.


Esse novo desenho da geopolítica mundial que se vai escalando e cujos desdobramentos futuros são ainda de enorme incógnita é enormemente preocupante e nos atingem, na América do Sul e no Brasil, de forma indireta, com maior presença dos Estados Unidos e da OTAN na região, além de um novo desenho político em vários países daqui. O que é esse novo quadro? Que horizontes podem ser previstos?


Para aprofundarmos esse debate, contaremos com as contribuições de:


  • Costas Isychos, de origem argentina, foi Vice-Ministro da Defesa da Grécia durante o primeiro governo do Syrisa, em 2015, co-presidente do grupo de trabalho ministerial greco-russo. Foi deputado em seu país, renunciando a seu cargo em protesto pelo governo não haver respeitado os resultados do referendo em repúdio às negociações para pagamento da dívida externa grega

  • Augusto Teixeira, professor no Departamento de Relações Internacionais da UFPB, tendo sido pesquisador na linha de Geopolítica e Estratégias Militares no Centro de Estudos Estratégicos do Exército. Atualmente é pesquisador do projeto CAPES PROCAD-DEFESA sobre Mísseis e Foguetes na Defesa Nacional




Realização: Instituto Sulamericano para a Cooperação e a Gestão Estratégica de Políticas Públicas

Apoio: Fórum 21 e Rede Estação Democracia



ความคิดเห็น


bottom of page