top of page

Amazônia - Ciclo de Estudos Estratégicos - Sessão 2

Amazônia – Dimensões Humanas e Ambientais


O processo de ocupação da Amazônia desenvolveu-se, nas fases de expansão capitalista para a região, provocando passivos de diferentes ordens. O período mais recente, com a expansão de atividades que vêm degradando populações e ambiente – com reflexos que se desdobram em pioras nessas dimensões, bem como rebatimento importante no equilíbrio climático, este transcendendo a própria região – vem ganhando enorme celeridade de destruição e degradação. Essa piora, nas dimensões humanas e ambientais, coloca desafios importantes a serem enfrentados. Além disso, a Amazônia brasileira é atravessada por processos migratórios de países da região e de fora dela , além dos migrantes internos, sem que existam políticas permanentes de recepção e inserção dos mesmos. Que desafios essa forma errática e predatória de ocupação da Amazônia coloca para o desenho de um futuro menos agressivo? Como enfrentá-los? Que papeis deve jogar um futuro governo e como este deve se organizar para o enfrentamento dos desafios? Que governança, envolvendo os diferentes atores com incidência sobre a Amazônia, e que instrumentos são necessários para dar conta dos mesmos?


Para dialogar conosco sobre esse complexo quadro, contaremos com a participação de:


Marcelo Seráfico, sociólogo, Professor Adjunto da Universidade Federal do Amazonas, com mestrado na Universidade Estadual de Campinas e doutorado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Pesquisador na área de sociologia do desenvolvimento.
Sidney Antonio da Silva, Professor da UFAM, Departamento de Antropologia, Coordena o grupo de Estudos Migratórios na Amazônia – GEMA. Tem desenvolvido estudos para a compreensão dos processos migratórios da Pan-Amazônia.



Comments


bottom of page